Coletânea Direitos Humanos em Homenagem ao Humanista Melitón Torres Tovar

0

Não há dúvida quanto à urgência de algumas reflexões acerca da atual crise mundial vivenciada atualmente. Cumpre-nos pensá-la numa perspectiva de união entre os povos. Para tanto, é sabida a importância na divulgação da cultura latino-americana nesse contexto da desejável integração.

Salutar o registro memorial e a celebração de grandes personalidades latino-americanas que muito colaborar para a pacificação social em seu meio. É nesses quadrantes que veio a lume essa obra em homenagem a Dr. Melitón Torres Tovar, grande humanista e pacificador peruano que muito impulsionou a justiça social e os direitos fundamentais em seu país por meio de políticas públicas urbanísticas.

Um plexo infindável de assuntos aqui é tratado: de filosofia, política, argumentação, lógica até direitos humanos, direitos sociais e tutela jurídica, além de vários escritos próprios do homenageado são reunidos para que o público tenha acesso a múltiplas visões sobre temas relevantes de nosso tempo. O direito como ciência social aplicada há de se valer de um sem-número de outros campos do saber para atingir certo (e também discutível) escopo de pacificação social.

Direitos humanos são desrespeitados nas mais diversas localidades no mundo todo. Estamos diante de um singular momento jurídico, histórico e sociológico notadamente na América Latina, um período crítico em que por todos os lados campeiam conflitos, notórias e alarmantes violações de direitos fundamentais, corrupção sistêmica que com sanha inaudita apodrece as instâncias da administração pública até os fundamentos, sem contar com a não menos grave degeneração das relações internacionais, só para citar algumas mazelas que assolam nosso povo latino-americano. Basta lembrar que, prestes a completar 70 anos a Declaração Universal dos Direitos Humanos, muito ainda temos a concretizar em matéria de direitos humanos em nosso continente.

O livro vem dividido em duas grandes partes: doutrinal e biográfica. A primeira contém três seções, das quais a última com textos de autoria do homenageado; a parte biográfica da obra que traz valiosos registros da vida familiar HOMENAGEM AO HUMANISTA MELITÓN TORRES TOVAR 14 e íntima, incluindo fotos e depoimentos daqueles que tiveram o privilégio conhecer a fundo sua luta.

É dever de todos combater a marginalização e a miséria que assolam os povos latino-americanos, cavando masmorras ao vício, erguendo templos à virtude! E é com esse espírito de luta e de pacificação que essa obra foi forjada, com amor e zelo pela memória e pelo exemplo de vida deixado por Melitón Torres Tovar em prol de um futuro melhor para todos.

Lafayette Pozzoli

Acesse a íntegra da publicação

 

Share.

About Author

Comments are closed.